sexta-feira, 29 de setembro de 2017

[BERLIN STATION] Epix divulga nomes e sinopses dos 2 primeiros episódios da 2ª temporada

O canal a cabo Epix revelou os nomes e sinopses dos episódios da segunda temporada de Berlin Station.


Aviso essa postagem pode conter  SPOILERS.

A segunda temporada de Berlin Station começa no meio de uma "Nova Ordem Mundial" que se enraizou e se aprofunda cada vez mais. Na sequência da maré da extrema direita que atravessa a Europa continental, a Alemanha encontra-se no precipício de uma eleição crucial. O cativante e carismático líder do partido Alt-Right, Katerina Gerhardt, capitalizou a crise dos refugiados e a disputa econômica para conquistar os eleitores desiludidos alimentados com o status quo. Ela parece estar pronta para uma grande vitória, e nossos heróis de Berlin Station devem determinar a natureza da ameaça que ela coloca e qual o papel que devem desempenhar. Katerina é uma candidata viável com uma mensagem polêmica que deve ser protegida pelo processo democrático? Ou, como demonstram as evidências preliminares, ela está em conflito com terroristas?



Na segunda temporada temos: Richard Armitage como Daniel Miller, Rhys Ifans como Hector Dejean, Richard Jenkins como Steven Frost, Leland Orser como Robert Kirsch e Michelle Forbes como Valerie Edwards. Novos no elenco nesta temporada são Ashley Judd como a nova Chefe da Estação, BB Yates e Keke Palmer como jovem agente de casos, April Lewis.


S02E01 – “Everything’s Gonna Be Alt-Right”

Sob a direção dA novA chefe de gabinete BB Yates (Ashley Judd), Daniel Miller (Richard Armitage), Robert Kirsch (Leland Orser), Valerie Edwards (Michelle Forbes) e o resto da estação de Berlim embarcar em uma operação não autorizada para descobrir um possível ataque terrorista de extrema direita.


 S02E02 – "Right Here, Right Now"

Em um episódio definido completamente na Espanha durante um período intenso de 24 horas, Daniel (Richard Armitage) recruta a ajuda de um aliado inesperado para continuar sua missão com Otto Ganz (Thomas Kretschmann).
Fonte :  https://press.epix.com/programs/berlin-station/
Twitter: @BerlinStation | https://twitter.com/BerlinStation
Facebook: @BerlinStation | https://www.facebook.com/berlinstation
Instagram: @Berlin_Station | https://www.instagram.com/berlin_station/

sábado, 27 de maio de 2017

[NOTÍCIAS] Possível Participação do Richard em Castlevania da Netflix


A Netflix divulgou o primeiro teaser e data de estreia da série animada Castlevania para maiores de Adi Shankar.

E nesse teaser podemos ouvir a voz do Richard ao 0:29 segundos, com ele dizendo a frase:
" O homem que matará o Drácula".



TRAILER


E hoje em seu tweeter o Richard deu um RT no trailer com um "SIM!"
agora temos que esperar para ver se ele será algum personagem ou narrador.


A série é inspirada em um clássico dos videogames, e é uma fantasia medieval obscura que acompanha o último sobrevivente do clã Belmont; ele vai tentar salvar a Europa Oriental da extinção pelas mãos do Vlad Dracula Tepe. A animação promete ser uma abordagem bastante obscura da história, e a estreia foi marcada para 7 de julho, em todos os territórios a Netflix.





segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

[TRADUÇÃO] Mensagem de Natal do Richard


Ontem no domingo, dia 18 de Dezembro após sua ultima apresentação em Love Love Love
Richard estava viajando para a Inglaterra para passar o Natal com sua família, como faz todo ano.
E ele postou uma mensagem de Natal, dessa vez postou em sua pagina do Facebook
segue a tradução.




Que ano de 2016 tem sido. Tantas pessoas que perdemos; Bowie, Cohen, Prince, Fidel Castro, Shimon Peres, Nancy Regan, Tom Hayden, Muhammad Ali, Gary Marshall, Edward Albee, Peter Schaffer, Gene Wilder e Alan Rickman.

O Brexit aconteceu, e Trump se tornou o presidente eleito dos EUA. (Eu realmente comecei com apenas um nome, mas depois me lembrei de todos os outros) Terremotos ao redor do 'Anel de Fogo'. Sim, há uma mudança literal e simbólica acontecendo em nosso mundo, nosso social e nosso físico.
Comecei este ano em Berlim, filmando a segunda metade da nossa série 'Berlin Station', que acabou de ser exibida, durante esse tempo eu visitei um centro de refugiados em Spandau. Foi uma experiência gratificante.
Eu testemunhei como, além do drama do ciclo de notícias, em um momento a momento, as famílias em necessidade foram ajudadas e alojadas, por "famílias" alemãs. Gente simples, voluntários, colocando seu medo de lado e intensificando-se para ajudar nossos semelhantes em necessidade.

O que está acontecendo em Aleppo, está quase além da compreensão, genocídio em uma escala não vista desde o massacre de Shrebrenica durante a guerra da Bósnia.
Nossos líderes já não parecem valorizar a verdade, a retórica projetada meramente para "sacar para vencer" a qualquer custo é o novo normal, mesmo que isso signifique dividir as nações; vizinhos uns contra os outros; Por país, por estado / município, mesmo com a pessoa ao lado.
Foi um grande ano em termos de honra e graça, foi um ano de arrogância e perda. Não me interpretem mal, havia "vitórias" (e eu respeito e felicitar aqueles que fizeram essas escolhas), mas acredito que eles vieram a um preço ainda a ser entendido.

Pessoalmente, conheci um grupo de pessoas em Nova York, trabalhando na Roundabout Theatre Company, em Love 'Love Love' de Mike Bartletts, dirigido por Michael Mayer. Era um "diamante bruto". Começou no meu aniversário durante a onda de calor e terminou com queda de neve como nos aproximamos do final do ano. Foi um tônico em todos os sentidos, porque o nosso público reuniu e ouviu uma história contada sobre as pessoas, sobre a parentalidade, sobre as gerações e a sociedade que os apóia. Temos muita sorte em viver numa sociedade que nos sustenta, mesmo que sintamos que está a falhar, não devemos baixar as nossas expectativas, mas não precisamos de fazer um balanço e encarar a realidade de milhões de pessoas deslocadas, que a sociedade não Só falhou-lhes, é infligir genocídio sobre eles.
Então nos reunimos com nossas famílias, em nossas casas quentes, com comida na mesa, eu não posso deixar de dizer que nós dizemos obrigado. Foi isso que eu quis dizer.

Sou muito privilegiado, tenho sucesso e segurança. Eu sou homem de sorte, eu realmente não sei como pedir isso, mas eu vou pedir algo que eu quero para mim em 2017. Eu quero ser destemido. Para viver sem medo. Não temer o próximo, para estender-me para o próximo. O que mais temo, senão a capacidade de fazer isso, e sim é "fácil para mim dizer isso" em meu lugar confortável, mas há uma narrativa de medo lá fora, que devemos resistir ou aceitar isolamento e divisão.

Um amigo meu (que permanecerá sem nome) sofreu recentemente uma devastadora e dolorosa perda, mas com a família, os entes queridos e os amigos se levantaram e exibiram o tipo de bravura que não passava de humildade. Então vamos celebrar o que temos. Vamos ser gratos por nossa humanidade e nossa capacidade de empatia e ajudar aqueles em necessidade. Não tem que ser em dinheiro, pode ser com o seu tempo, ele pode literalmente ser apenas uma mão amiga.

Aqui está um link para as minhas páginas Just Giving.
Feliz Natal a todos.
Just Giving


quinta-feira, 14 de julho de 2016

[NOTÍCIAS] Richard entra para o elenco da peça de Teatro Love, Love, Love

LOVE, LOVE, LOVE



Richard entrou oficialmente para o Elenco da Peça de Teatro Love,Love, Love.
ela será em Nova York, no teatro The Laura Pels Theatre. entre os meses de Setembro e Novembro a preços de  $89–$99.

Londres, 1967. Beatlemania está em pleno vigor, a geração do "eu" está em seu auge e Kenneth e Sandra tem o mundo na ponta dos dedos. É  o verão do amor, e isso é tudo que eles precisam. Mas o que acontecerá quando o sexo, drogas e rock 'n' roll desaparecer e eles tiverem filhos?

Elenco : 
Richard Armitage:  Kenneth
Zoe Kazan: Rose
Amy Ryan: Sandra
Alex Hurt : Henry
Ben Rosenfield: Jamie

Escritor: Mike Bartlett  
Diretor: Michael Mayer

Teatro:
The Laura Pels Theatre
11 West 46th Street, New York, NY, 10036  
Capacidade: 424

Ingressos: https://www.roundabouttheatre.org/Shows-Events/Love-Love-Love.aspx

quarta-feira, 6 de abril de 2016

[TRADUÇÃO] Matéria sobre Berlin Station - Berliner Zeitung



Matéria sobre Berlin Station com a Atriz Victoria Mayer

Tradução Feita pela nossa Amiga Alessandra Almeida.


Mayer atua na serie "Berlin Station" como uma repórter do Berliner Zeitung.
A seria será exibida na TV no Outono nos EUA.  Fall Season pelo canal Epix.



Victoria_Mayer_Berlin_Station4
Victoria Mayer junto com Richard Armitage que atua como Daniel Miller
Stephanie Kulbach/EPIX/LGE 2016


Ela acaba de atuar como uma repórter do Berliner Zeitung ( Jornal de Berlim) para a serie de agentes americanos, então declara a atriz Victoria Mayer como ela consegui este papel ao lado do Ator Richard Armitage

 Senhora Mayer a senhora atua na serie americana para a tv "Berlin Station" como uma jornalista  do Berliner Zeitung, qual é o tema da serie? 

A série fala de um agente da CIA, que vem para Berlimele quer encontrar um Whistleblower (cara que descobre escândalos e passa pra frente= fofoqueiro?) , ele ira contar uns segredos da CIA.  

 Uma seria de agentes, então?

Exatamente.

Como você conseguiu este papel neste serie americana?

A responsável pelo Casting em Berlim  Simone Bär me sugeriu para o papel.

Como você se preparou para este papel?

Ingrid é uma repórter com uma visão bem critica em relação aos EUA e CIA. Eu li muito sobre sobre o tema, principalmente sobre a politica e sobre a CIA. Eu queria realmente ler  e entender, sobre o que a Ingrid falava. Woody Allen  deu uma entrevista a respeito deste tema falando sobre o filme " Irrational Man" dizendo que , os bons Atores não necessitam entender o tema sobre o qual eles atuam. Falando serio, eu não queria contar com isso.  

Victoria_Mayer_Berlin_Station2
Victoria Mayer como Ingrid Hollander "Berlin Station" zusammen ao lado de Richard Armitage, 
Stephanie Kulbach/EPIX/LGE 2016

E a função como jornalista?

Eu me concentrei no conteúdo, pós a vida normal de uma jornalista na figura da serie, não é o foco da serie.  Para mim o foco era realmente o conflito da Ingrid com os agentes , um deles pelo ator Richard Armitage  e conflito dela com o serviço secreto Americano.  

Como que devemos imaginar a filmagem de uma serie como esta? você encontra os outros atores com frequência, filmarão na America?

Não a seria será filmada somente em Berlim (e na Espanha): Eu vou entre as filmagens para casa e depois volto para Berlin. A Ingrid não tem um papel principal ela não e um a parte do sistema, infelizmente eu não vejo muito os outros colegas de trabalho. Na leitura em comum dos roteiros antes de começarem as filmagens , encontrei todos eles. Tudo é muito bem organizado
A filmagem não é cronológica , mas por lugares, cidades. Eu nunca estou quando as filmagens são no comando central da CIA  são filmadas. Não é assim como se imagina quando esta por fora.  nós não festejamos todas as noites , não fazemos grandes festas.   

Você fala alemão e inglês, a mudança continua e difícil?

Victoria Mayer em "Berlin Station"Para foi realmente a primeira vez que filmei em um outro idioma . Existem os treinadores para o dialogo , eles estão sempre ao seu lado para a preparação dos diálogos e ajudam se necessário.

 Esta e sua primeira produção americana, é diferente das produções alemãs?

A melhor diferença é que que em "Berlin Station" os roteiristas estão sempre nas filmagens, isso eu acho ótimo , pois eles podem apoiar as cenas e responder as perguntas.

Então você diria que as series americanas são um porta aberta para atores alemães?

Não posso confirmar isso, nunca foi meu objetivo filmar na America. Eu trabalho com muito prazer aqui na Alemanha , mas claro que se aparecer algo eu ficaria contente .

Você gostaria do trabalho como jornalista?

sim , claro eu sou muito curiosa por natureza.



Victoria_Mayer_Berlin_Station3
Victoria Mayer como Ingrid Hollander em "Berlin Station" com  Johannes Allmayer
Stephanie Kulbach/EPIX/LGE 2016

Victoria_Mayer_Berlin_Station
Victoria Mayer como Ingrid Hollander em "Berlin Station"
 Stephanie Kulbach/EPIX/LGE 2016


Fonte: http://www.berliner-zeitung.de/berlin/neue-us-agentenserie-dreht-sich-um-berliner-zeitung-23836752?dmcid=sm_tw
Entrevista por: Marcus Weingärtner


Postagens mais antigas Página inicial